Como aprender uma nova habilidade em 4 simples passos: O Guia para quem tem pouco tempo.

Tempo de leitura: 8 minutos

Vou começar o post de hoje contando um história pessoal (que deve soar familiar para alguns de vocês).

Você já se sentiu pressionado em aprender uma nova habilidade?

Seja no trabalho ou por hobby, a grande verdade é que não podemos parar de nos atualizar nunca, pois sempre estão surgindo novos conceitos, ferramentas e novas formas de realizar aquilo que já estamos habituados a fazer.

Nas áreas onde as novidades surgem com mais rapidez essa “pressão” por saber como utilizar aquela novidade é ainda maior.

Veja só o paradoxo que vivemos: Todo dia temos mais coisas para aprender e menos tempo para conseguir realizar. Tenso né?

Todo dia de manhã eu costumo ter a mesma rotina. Pego um café, abro o computador e acesso links que considero relevante sobre vários temas. Passo desde assuntos de política até blogs nerds. ????

Esse é o meu jeito de conhecer coisas novas e me inspirar para começar o dia.

Além de sair desse processo mais inspirado, frequentemente também saio com vontade de aprender mais sobre muitos assuntos. Em uma dessas já tive vontade de aprender marketing, aprender sobre jardinagem, e até mesmo aprender mais sobre design(pelo menos isso eu consegui fazer).

Sempre fico muito empolgado e começo a pensar em maneiras de aprender tudo aquilo que quero, mas logo em seguida tomo aquele forte tapa na cara da realidade que me diz: “com que tempo, meu filho?”.

Quando cansei de tomar tapas na cara, comecei a me aprofundar mais nesse assunto, na busca esperançosa de encontrar alternativas para aprender de forma mais simples e fugir do dilema de ter que aprender mais coisas com menos tempo.

Continue lendo esse artigo para descobrir como aprender um novo assunto mesmo que você não tenha muito tempo para estudar.

 

Será que aprender algo novo leva muito tempo?


como-aprender-rapido

Vivemos sob o paradigma de que aprender algo novo leva muito tempo por alguns motivos. Mas é bem assim mesmo?

Existe um estudo que determinou muito a maneira de ver o aprendizado, ele ficou famoso ao ser citado no livro best seller Outliers, de Malcolm Gladwell. O estudo, chamado de 10.000 hours rule, afirma com todas as letras que para se tornar expert em determinado assunto é preciso praticar e ter uma experiência de 10.000 horas.

O problema dessa teoria famosa não são as 10.000 horas mas sim o fato de só colocar o tempo como fator principal para se tornar um expert em determinado assunto.
Veja bem, estamos falando em se tornar um especialista de alta performance, de nível internacional.

Basicamente entendi a teoria assim: “Estude 10.000 horas que será o cara no assunto.”

De fato se você estudar todas essa horas, você terá um bom conhecimento. Porém a teoria não vale para um cara como eu que não quer ser nenhum expert em marketing, em jardinagem ou em design. Afinal são 10 mil horas!

Ela não ajuda uma pessoa que acorda cedo e volta para casa tarde cansado. E que na sua rotina mal tem tempo para passar com a família e fazer coisas que gosta.

Ela não ajuda uma pessoa só quer entender mais sobre novos assuntos, para saber conversar sobre o tema com com outras pessoas e, caso se interesse de fato, seja capaz de encontrar seus próprios caminhos e se virar sozinho para se aprofundar.

Ou seja, ser um conhecedor e não um especialista.

Depois que cheguei nessa conclusão fiquei mais calmo, pois escapei das 10.000 horas (ufa!).

Mas, quais as outras alternativas e métodos para “manjar mais dos assuntos” ?

Continue comigo pois vou falar sobre isso logo abaixo. Mas antes, se você estiver gostando desse artigo e quer receber mais conteúdo como esse, deixe seu e-mail abaixo e receba novos posts diretamente em seu e-mail!

Fique Atualizado!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

 

4 Simples passos para aprender algo novo (com pouco tempo)


como-aprender-rapido-guia-533

Nessa busca pelo aprendizado rápido que me deparei com uma teoria que fez mais sentido para minha vida. A ideia de que é preciso apenas 20 horas de prática para entender mais sobre um tema, que está no livro The First 20 Hours.

No começo achei a ideia meio “viagem”. Só 20 horas?

Mas analisando bem, no final das contas com as 20 horas, o objetivo é ter um bom balanço nos dois eixos do conhecido modelo da curva de aprendizagem.

curva-da-aprendizagem
O maior avanço na curva de aprendizagem acontece nos primeiros momentos de experiencia com o tema.

Pensar assim fez muito mais sentido pra mim. Comecei a praticar e percebi que com alguma técnica, disciplina e organização do conteúdo é possível aprender rápido e com qualidade.

Como o livro ainda não está traduzido para português do Brasil, vamos deixar as principais dicas e pontos cruciais que ajudam nesse sentido:

#1 Desconstrua a habilidade que você quer aprender.


como-aprender-descontruir-aprendizado

O melhor jeito de aprender é quebrar o tema em pequenas peças. E ir aprendendo peça por peça é possível aprender o todo.

Dessa forma: Pegue o que você quer aprender e “quebre” em vários pedaços. Assim você aprende pedaço por pedaço e no final vai ligando eles até conseguir juntar os conhecimentos e chegar em um aprendizado total.

Veja esse exemplo: se você quer aprender a dirigir, é melhor aprender primeiro o funcionamento do carro e manobras básicas para só depois seguir para as marchas e, por fim, partir para o controle de embreagem, ré, baliza, etc..

No final do processo, basta conectar todas as pequenas peças (todo os pequenos aprendizados) e, com isso, chegar no aprendizado total.

#2 Aprenda o suficiente até você conseguir se auto-corrigir.


como-aprender-corrigir-seus-erros

Quando saber se chegamos em um “nível Ok” de conhecimento? Ora bolas, quando nós mesmos podemos encontrar nossos erros quando estamos praticando.

Se você está praticando e já sabe onde está errando, você já está em um nível de “conhecedor”.

#3 Preste atenção e remova as barreiras da aprendizagem.


como-aprender-tenha-foco

Fuja de tudo que distraia e te faça desistir da rotina de aprender e praticar.

Isso significa : Beijo tchau para TV, computador, celular, Whatsapp, Facebook (enquanto estiver aprendendo).

Foque no que você está aprendendo e esqueça tudo o que está à sua volta.

#4 Pratique as 20 horas.


como-aprender-pratique

É importante exercitar os aprendizados o máximo de tempo possível.

A prática pode se dar de diferentes maneiras:

  • Escrevendo um texto/post sobre o assunto (Sim! Estou praticando!)
  • Discutindo com outras pessoas,
  • Ensinando algum amigo,
  • Tendo contato com outras fontes para se aprofundar no tema,
  • Ouvir opiniões divergentes etc.

Ensinamos melhor aquilo que precisamos aprender. – Martinho Lutero

Cada um tem sua forma de aprender e você saberá qual é a melhor forma para você aprender aquilo que está estudando.


 

O autor tem uma palestra no TED, onde ele fala um pouco mais sobre seu livro e sobre aprendizagem.

Obs: As legendas em português estão disponíveis!


Conclusão e Recapitulando: Afinal, aprender algo com pouco tempo é possível?clock

Na minha opinião, sim!

Como diz o autor..

“A quantidade de tempo que levará para adquirir uma nova habilidade é largamente uma questão de quanto tempo concentrado você está disposto a investir em prática deliberada e experimentação esperta e o quão bom você precisa se tornar para agir no nível que deseja.”

Em resumo ele quer dizer que a velocidade e o tempo que vai levar para aprender uma nova habilidade vai depender unicamente e exclusivamente de você aí! 🙂

A teoria das 20 horas me ajudou bastante a aprender várias habilidades em pouco tempo. Não acho ela perfeita, mas ela abriu a minha cabeça sobre técnicas e maneiras diferentes de aprender coisas novas.
Os 4 principais passos apresentados acima sobre como aprender com pouco tempo são:

  1. Desconstruir a habilidade e quebrá-la nos menores pedaços possíveis, identificar as partes importantes e então praticar esses elementos deliberadamente primeiro.
  2. Aprender até você conseguir se auto corrigir.
  3. Remover tudo o que toma a sua atenção. Fuja da TV, Facebook, WhatsApp, E-mail…
  4. Praticar a habilidade pois ela é o ponto central. Praticar pode ser de várias formas. E uma das mais eficazes é ensinar outras pessoas aquilo que você está aprendendo.

Todo mundo tem a chance de aprender habilidades de um jeito simples e prático. Eu acredito muito nisso e espero que você também…

Agora resta você testar e ver se funciona para você! Vamos juntos rumo ao extraordinário?

Eu adoraria saber a sua opinião sobre esse artigo. Se você gostou ou odiou esse artigo, nos conte nos comentários!

Abraços,
Alexsandro Silva (Aprendendo novas habilidades freneticamente).

Fique Atualizado!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>